Projetar uma rede estruturada nas empresas significa qualidade e segurança para a busca de performance e o aumento da vida útil das redes. O cabeamento estruturado colabora para a economia de tempo e dinheiro, mas, principalmente, para o gerenciamento do mesmo. A ideia de estruturar a rede de uma empresa baseia-se na organização e padronização da disposição de todo o cabeamento e meios de transmissão. Isso possibilita a integração de serviços de dados e voz, podendo ser redirecionada facilmente por caminhos diferentes.

Empresas modernas estão avaliando os métodos de acesso de alta velocidade, pois uma rede estruturada pode aumentar ainda mais a vida de sua rede de dados e/ou voz, por uma diferença mínima de valores. Portanto, a escolha atual de um sistema que poderá atender antecipadamente e de maneira satisfatória suas exigências futuras é uma atitude para se pensar com atenção. O meio de transmissão é um item fundamental na comunicação de dados, por ser a base física para a viabilização de toda a comunicação entre processos.

rede 2

 

A escolha do tipo de meio de transmissão não é uma tarefa simples, que pode ser feita baseando-se apenas na análise do custo de cada opção. Além dos custos, quando analisamos um certo meio de transmissão, devemos verificar principalmente os benefícios que poderemos usufruir após a implantação.

Garantia de desempenho do sistema pela confiabilidade no cabeamento, diminuição de custos de mão-de-obra e de montagem da infra-estrutura, possibilidade de ampliações e alterações para implementações futuras sem perda de flexibilidade, novos serviços para cada usuário, integração de diversas aplicações em um único cabo, possibilidade de uma vida útil maior para o sistema são alguns dos benefícios que uma empresa pode usufruir com uma rede estruturada projetada.

 

 

Certificação de Sistemas em Rede

Tão importante quando quanto a instalação de uma rede, são os testes de certificação que demonstram se a rede está ou não disponível para o uso. Essa certificação do cabeamento deve ser realizada antes da rede ser ativada, pois, após a ativação da rede, torna-se muito difícil localizar a causa de um eventual defeito que possa surgir. Além disso, existe o inconveniente de desativar toda a rede ou parte dela.

A certificação de uma rede envolve uma série de testes que avaliam os parâmetros do cabeamento. Na prática, esses parâmetros demonstram a qualidade geral do cabeamento de uma rede local. Podendo garantir um ótimo desempenho para o qual a rede foi planejada.

Para efetuar-se a certificação, utilizamos um equipamento específico devidamente calibrado capaz de detectar possíveis falhas seguindo as normas TIA/EIA 568B. Após toda análise é emitido um relatório de testes, com o resultado do teste e dos parâmetros avaliados. Esses relatórios são úteis para anexar a documentação que deve acompanhar o projeto da instalação (as built); além disso, poderá servir para uma posterior verificação do teste realizado.

O que analisamos:

Comprimento do Cabo
Mapeamento dos Condutores
Atenuação
Paradiafonia
Impedância Característica
Resistência do Cabo

Recomendamos a certificação do cabeamento, pois é mais uma forma de garantir a qualidade de nosso trabalho ao entregar para vossa empresa uma rede de dados com alta performance.